PROCURAR

Congresso 2017

  • Presidente Reeleito Eng. António Monteiro
  • Membros da Direção do Partido
responsive jquery slider joomla

Notice: Undefined variable: root in /home/ucidcv/public_html/plugins/content/soccomments/soccomments.php on line 129

São Vicente: UCID diz que os problemas sociais e a falta de emprego continuam

Os deputados da União Cabo-verdiana Independente e Democrática, eleitos pelo círculo de São Vicente, numa análise esta quinta-feira, 09, sobre a visita de círculo, enquanto deputados da ilha, asseguram que a nível social os problemas persistem, os problemas e escoamento de produtos agrícolas continuam a ser uma constante e pedem mais meios para a PJ.

De acordo com o líder da UCID a questão social continua a ter os mesmos problemas, apesar dos esforços que reconhece do Governo por parte do Programa de Requalificação, Reabilitação e Acessibilidades (PRRA).

António Monteiro considera no entanto, que a probabilidade do projeto ainda não ter entrado na sua “velocidade de cruzeiro”, as pessoas continuam a sofrer as mesmas mazelas em termos de qualidade das suas habitações.

A nível do emprego, salienta que o cenário continua o mesmo. “Continuamos a ter um número elevado de pessoas jovens e menos jovens no desemprego, o que acarreta outros problemas sociais que dificultam a vida, não só das famílias mas também da própria sociedade”, reforça.

E relação à agricultura, Monteiro diz que não entende como é possível que determinados agricultores fazem grandes investimentos para produzirem produtos agrícolas de qualidade e depois terem prejuízos enormes por não conseguirem fazer escoar os seus produtos para as ilhas do Sal e Boavista, porque a ilha de São Vicente se encontra sob quarentena.

Por isso, acredita que um Centro de Expurgo seria muito importante para permitir que estas pessoas que enveredaram pela agricultura não tenham prejuízos avultados porque não conseguem fazer o seu escoamento. “É importante que o governo instale na ilha este centro, para fazer o tratamento prévio e adequado, para permitir que as pessoas que investem muito na agricultura não tenham os prejuízos, que infelizmente vão-se acumulando”.

Outro problema que os agricultores enfrentam tem a ver com a questão dos poços, que devido a escassez de água estão altamente salinizados. Por isso defende que é preciso que o governo, em conformidade com as Associações de Ribeira de Vinha e Calhau,  faça uma aposta na dessalinização da água dos poços. Uma reivindicação antiga da UCID que garante que vai continuar a insistir até que seja atendida. Porque a população precisa ter água de qualidade para a prática da agricultura.

Empresas e Instituições Públicas

De visita à ENAPOR e a ASA, o líder da UCID diz ter ficado com uma boa noção daquilo que é a gestão das duas empresas públicas. No caso da ENAPOR, o lucro “extraordinário arrecado em 2018”.

Sobre a ASA, Aeroportos de Segurança Aérea, ficou com a garantia do diretor do Aeroporto Internacional Cesária Évora, AICE, que a empresa está a trabalhar afincadamente para que até 2020 ou 21 tenha o sistema do ILS montado no aeroporto, para permitir que funcione em condições atmosféricas adversas e noturna. “Estamos atentos e a acontecer é uma boa notícia”.

De visita também à Polícia Judiciária, Alfândega e Polícia Nacional, recebeu a informação da PJ que diz que aumentou a resolução dos processos pendentes em 33%. “ O que representa que o número de processo que sai é superior aos entrados”. E para dar continuidade a este trabalho, espera que tenham melhorias de condições que possam ajudar na resolução dos problemas. “Gostaria que o poder central desse mais meios laboratoriais para que possa servir a população e mais recursos humanos também, para que a ilha de Santo Antão que está sob jurisdição de São Vicente tenha agentes e inspetores para dar cobertura à ilha.

Fonte: Noticias do Norte